terça-feira, 6 de outubro de 2015

ERVAS AROMÁTICAS PARA QUE SERVEM E COMO USÁ-LAS

ERVAS AROMÁTICAS : PARA QUE SERVEM E COMO USÁ-LAS.


Muitas vezes por não termos a oportunidade de ter uma horta
 em nossas casas, optamos por usar ervas secas que são perfeitas
mas não há como substituir o aroma das ervas frescas.
Algumas delas, estou postando e indicando como usá-las nas prepa-
rações de receitas.
coentro
alecrim


cebolinha

endro (dill)

estragão

tomilho

sálvia

louro

salsinha

manjericão

manjerona

orégano



ALECRIM - indicado para o preparo de carnes de porco, cordeiro,
carneiro, patos, perus, codornas assim como no preparo de pratos
com batatas e legumes puxados na manteiga.Pode-se usar para tem-
perar azeites.Em pratos quentes cuidado, porque ele aquecido solta
os seus óleos essencias que dominam o prato.
CEBOLINHA VERDE - Deve-se colocar no final do cozimento porque o 
calor destroi seu sabor.Usa-se no preparo de omeletes, vinagretes, 
molhos para saladas.
COENTRO - muito usado aqui no Brasil no Nordeste.De aroma e sabor
forte, deve ser usado em pratos como caldo de mocotó, dobradinha,
 rabada, caldos de peixe de sabor marcante como a corvina e a piranha.
Nunca use-o em pratos de sabor delicado como bacalhau, aves, massas,
 peixes de carne branca pois só aparecerá o gosto do coentro.
ENDRO (DILL) - usado muito na culinária germanica e suas sementes servem
para aromatizar picles e o chucrute.Mas a erva fresca, serve para
aromatizar queijos de massa leve, ricota, molho branco,salmão, 
arenque, saladas, ovos, cremes tipo maionese, manteigas e patês.
Usa-se no final do cozimento de pratos quentes assim como as outras
ervas.Não confundir com a erva-doce porque as folhas se parecem.
ESTRAGÃO - Indispensável na gastronomia francesa é usado no tempero
de carnes como cabrito, carneiro, molho béarnaise, condimentação
de azeites, vinagres e vinhos culinários, vinha d"alho para temperos,
mostarda.Seu sabor lembra ligeiramente o anis.
HORTELÃ - Indispensável na culinária árabe está presente no tempero
de quibe, cordeiro assado, kafta, quibe crú.Na confeitaria é perfeita
para doces à base de limão e de frutas cítricas assim como chocolate,
musses, sorvetes e cremes doces e no suco de abacaxi.
LOURO - usado muito no feijão, feijoada, sopas, carnes, picadinho e
pasmem até no arroz.Por ser uma árvore grande só é encontrado fresco
em pequenos maços de gravetos com folhas.Retire as folhas do prato
depois de pronto.
MANJERICÃO - Nativa do Mediterraneo muito usada em molhos de tomate,
azeites, queijos.Indispensável em alguns tipos de risotos.Não deve
ser cozido pois perde todo o seu sabor.Famosa pelo molho pesto e ao
contrário do que todos pensam deve ser usado em pequenas quantidades
na hora de temperar a massa a não ser que você adore manjericão.
Colocada numa pizza depois de assada e numa massa é deliciosa suas
folhinhas dão aquele sabor ao prato.
MANJERONA - A manjerona não é parente do manjericão e sim do orégano.
Usada para temperar vinha d'alhos, carnes de porco e aves como pato, peru.
massas e molhos vermelhos, massas com frutos do mar, espaguete a marinara.
Nunca cozinhe a manjerona que deve ser colocada após o cozimento.
ORÉGANO - Combinação perfeita com molhos, queijos, azeites.Também não gosta
de calor e deve ser usado após cozimento do prato.Imagine uma pizza sem
orégano!Use em brusquetas, saladas, antepasto de berinjela, tomate seco,
pimentões.
SALSINHA - Companheira da cebolinha novamente não deve ser cozida e só deve
ser colocada no final do cozimento.Atenção!Pratos quentes com salsinha
devem ser consumidos logo após o preparo ou corre-se o risco de seu sabor
se apossar do prato e deve ser usada em pequenas quantidades.Isso também
serve para o preparo de vinagretes, saladas.Use bem pouco.
SÁLVIA - Utilizada no tempero de carnes fortes como a carne de porco,
javali, utilizada na marinada dessas carnes.Também usa-se em sopas à base
de vegetais.Aromatiza azeites de cozinha e sempre retire suas folhas 
antes de servir o prato.
TOMILHO - Utilizado na culinária francesa e mediterranea é parte essencial
do famoso herbes de provence, tempero francês com várias ervas.
Fica bom com praticamente qualquer prato cozido lentamente como sopas,
ensopados, vegetais assados, molhos de tomate, frango, carne assada,
alguns pães e molhos, frango cozido, molhos base de vinho.