quarta-feira, 10 de agosto de 2016

GUARULHOS - conheça a história da minha cidade (tive que resumir a matéria por ser longa e fotos - revista Sitio Verde)

GUARULHOS
Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição - Centro de Guarulhos-SP

indios Maromomi (foto Acervo Biblioteca Nacional)

inauguração da estrada de ferro que tinha 5 estações V.Galvão - Torres Tibagy, Gopouva, Vila Augusta e Guarulhos.
- Conheça a história da cidade

A história de Guarulhos onde fica o Aeroporto Internacional de Guarulhos começa bem antes da chegada e fundação pelo padre jesuita Manoel de Paiva em 1560.Ela começa séculos antes do descobrimento do Brasil. O Brasil era povoado por várias nações indigenas com lingua e cultura diferente umas das outras. As que mais se destacavam eram as que falavam os idiomas Macro-jê e Tupi.Essas nações indígenas não eram amigas e tinham diferenças culturais e religiosas.Costumavam guerrear por disputas territoriais.Estudos comprovam que até o século X quase todo o litoral brasileiro era habitado por tribos do tronco Macro-Jê pois no litoral havia melhores condições de sobrevivência.Sabendo disso a nação Tupi, originária da Amazônia migrou para leste em busca de seu lugar ao sol nas nossas praias.Os Macro-Jê não aceitaram e partiram para a guerra. No entanto, os Tupis mais numerosos e mais preparados  foram empurrando as outras nações para o interior dominando quase todo o litoral atlântico de norte a sul do Brasil.
Os Maromomis povo de origem Macro-Jê expulsos pelos Tupiniquins se refugiaram para o oeste. além da serra e longe do mar onde extraiam boa parte de sua alimentação.
A vida para eles tornou-se bem dificil e tiveram que se arriscar descendo até o litoral e espertos conseguiam seus alimentos debaixo do nariz dos chefes Tupi.
Os tupis tentavam expedições para caçar os invasores mas não era fácil pegar os Maromomis.Estes valiam-se de túneis secretos, caminhavam dentro de riachos, camuflavam-se na vegetação e deixavam os tupis bravissimos.Isso lhes rendeu um apelido na língua tupi, que acabou sendo a denominação de sua nação - GUAIANASES - que quer dizer "guaia - caranguejo" e "guaianases - lugar de caranguejos" pois como caranguejos eles entravam na água e sumiam em buracos e não eram mais encontrados.Guaianases é hoje um bairro da Capital de São Paulo.
Apesar dessa região ser conhecida por Guaianases não era ali que os Maromomis viviam.Eles localizavam-se no lado esquerdo do Rio Tietê (em Tupi significa - rio grande com muitas águas) e que não poderia ser atravessado a não ser por quem conhecesse passagens secretas.Ao atravessar chegava-se a um lugar chamado por eles de "campos de Eberê" atual território de GUARULHOS, região estranha e inacessível a qualquer Tupi que tivesse juizo.Assim são os guaianases os verdadeiros moradores da que é hoje a cidade de Guarulhos.Os guaianases deveriam contar aos outros e rir muito de como enganavam os tupis.Isso aconteceu bem antes de Pedro Alvares Cabral colocar seus olhos no Monte Pascoal.A história é longa mas só para saber a data da fundação de Guarulhos foi em 8 de dezembro de 1560 sendo seu primeiro nome Vila de Nossa Senhora da Conceição dos Guarulhos.
O nome Guarulhos foi porque os padres jesuitas que acompanharam Manoel de Paiva acharam a barriga saliente dos moradores parecendo com um peixe chamado "guaru" e tentaram fazer os indios pronunciarem o nome mas só ouviram "guarulhos" e assim ficou o nome.
Espero que os moradores e outras pessoas leiam e se inteirem da história da cidade onde moro. Minha cidade natal é Iguape que significa em tupi-guarani (seio d´agua, água redonda) justamente localizada no litoral do Estado de São Paulo.